Dica musical: Them Crooked Vultures

Os abutres são um “Power Trio” formado por, ninguém menos que, John Paul Jones (Led Zeppelin), Dave Grohl (Nirvana, Foo Fighters e Probot) e Josh Homme (Queens Of The Stone Age, Eagles Of Death Metal e Kyuss). Esta banda foi considerada uma das maiores surpresas de 2009. Dave, ao ser questionado sobre como é definido o som do Them Crooked Vultures comenta: “O legal desta banda é que, quando me perguntam sobre como é o som dela, posso responder que ela soa como Josh Homme cantando e tocando guitarra, com o John Paul Jones no baixo e o Dave Grohl tocando bateria. E é exatamente isso”.

Como esses três se conheceram? Na verdade é tudo culpa de Dave Grohl. Dave conheceu Josh em meados de 2002, quando foi convidado para gravar e sair na turnê do clássico Songs For The Deaf, do Queens Of The Stone Age. Dave conheceu John Paul Jones, por volta de 2005, quando chamou John para ajudar na produção e gravação do In Your Honor (Foo Fighters), tocando bandolim, piano e mellotron. John ainda regeu a orquestra da apresentação do Foo Fighters no Grammy de 2005. Juntamente com seu parceiro de longas datas no Led, Jimmy Page, tocou Ramble On e Rock’n Roll em uma antológica apresentação junto com o Foo Fighters no estádio do Wembley em Junho de 2008.

No dia do seu 40º aniversário – na Medieval Times em Buena Park, CA – Dave viu a oportunidade de juntar os outros dois futuros integrantes da banda para que eles pudessem trocar uma idéia e assim aconteceu. De fevereiro à junho de 2009, foram realizadas as gravações do álbum no estúdio Josh Pink Duck Burbank, em Los Angeles. Os três ajudaram na composição e arranjos, mas Josh é o letrista. O primeiro single é a música New Fang.

O cd foi lançado em 23 de outubro de 2009 e a primeira apresentação aconteceu 9 de agosto de 2009 no Cabaret Metro em Chicago. Após o primeiro show eles saíram em turnê pelos Eua e Europa, começando no dia 19 de agosto. A banda já tocou em grandes festivais e até no Saturday Night Live.

O próprio Slash (Guns n’ Roses e Velvet Revolver) mostrou-se impressionado com a “força” da banda quando disse em seu twitter “Them Crooked Vultures [live] in the Wiltern, fucking genius”.

A química da banda é perfeita, inclusive Dave já comentou que quando ele melhor toca bateria é com o Josh e quando o Josh toca melhor é quando Dave está atrás da batera. John Paul Jones, multi instrumentista e músico de primeira qualidade fecha o trio que vem sendo considerado uma das melhores bandas dos últimos anos.

Não vou fazer comentário minuncioso faixa a faixa, pois tenho conciência de que é muito chato. O álbum começa com “No One Loves Me & Neither Do I” e até “Reptiles” oscila de um rock cadenciado à levadas pesadas, mas até o momento sem tropeçar. Na minha simples e pouco relevante opinião, o álbum tem uma queda drástica em “Interlude with Ludes” e em “Warsaw or the First Breath You Take After You Give Up”, respectivamente 9ª e 10ª, contudo o cd cresce novamente depois da 11ª música em diante. O ápice do cd fica com: “Dead End Friends”, música com uma levada bem Queens of the Stone Age, com um clima de “carro em rodovia a mais de 120km/h”; “Scumbag Blues”, um blues moderno com um sample no estilão Missão Impossível, possui baixo muito bem elaborado e é onde John Paul Jones mostra todo o seu potencial, tocando um arsenal de instrumentos; “Elephants” que tem uma das introduções mais enérgicas que conheço, com uma bateria quebrada e com uma guitarra que imita o som de elefantes, ou só eu escuto os elefantes marcharem e chegarem a um local de plena paz?

Dave comentou que a banda já estará produzindo um segundo cd. John adiantou que o álbum deve sair até o fim do ano de 2010, como mostra o trecho da entrevista ao jornal Wall Street, onde ainda fala sobre o seu gosto pelo Hard Rock do Led:

Wall Street Journal: Haverá um segundo álbum do THEM CROOKED VULTURES?

Jones: “Eu estou muito feliz com esta banda. É música boa com gente boa. Nós começamos a conversar sobre um novo álbum. Nós tínhamos muitas músicas que não incluímos no primeiro. Dissemos que não poderíamos ter um álbum duplo de estréia. Estamos entusiasmados em continuar. Eventualmente, as bandas deles vão querer eles de volta, mas terão de passar por cima de mim primeiro.”

Wall Street Journal: Seu gosto por Hard Rock mudou à medida que você envelheceu?

Jones: “Eu nunca fui um grande fã de rock na época do Zeppelin. Eu sempre estive muito mais ligado ao jazz e ao soul, como era chamado naquela época, e clássico. Foi apenas quando eu descobri HENDRIX que eu cheguei ao rock. Meus gostos realmente não mudaram muito. Eu creio que escolhi bandas ao longo dos anos. RADIOHEAD, por exemplo. Josh tocou para mim o álbum ‘Bubblegum’, de Mark Lanegan. É lindo. Rock nunca foi muito um esporte do qual eu fosse espectador, mas como músico, é outra história”.

Cena do Crime recomenda!

6 Responses to Dica musical: Them Crooked Vultures

  1. Sr figueiredo disse:

    Este super power trio promete. Neste album, há músicas boas e outras nem tanto. Mas, vê estes caras reunidos é muito motherfuck!!

  2. Marcelo disse:

    Them Crooked Vultures veio com muita nostalgia, com gostinho de antigamente, parece que eles têm a receita já pronta. Muita bagagem na mala.
    Muito emocionante ver o Joshua Homme apresentando a banda; e quando ele diz o nome JOHN PAUL JONES, para um fã de Led Zeppelin como eu, fico pensando que nunca perdi aquela sensação de que nasci na época certa; ver esses caras juntos é um previlégio. Com certeza o John Paul Jones é o verdadeiro abultre pré-histórico vivo disponível para os fã no mundo do rock.
    Muita música boa, cada qual com estilos das antigas bandas deles, um pouco de cada um, estou escultando todo dia, não consigo deixar de ouvir: em destaque a faixa 10. “Warsaw Or The First Breath You Take After You Give Up”, perfeita. Quero agradecer ao Stoneage ( Kaio)por ter apresentado o Queens Of The Stone Age, em mil novecentos e bolinha, nossas influências em comum é que nos leva pra frente, é o que é importante, sem dúvida, obrigado.
    Quero lançar um desafio, qual o significado de Them Crooked Vulture? Particularmente eu não sei.

    • Stone age disse:

      Marcelo, o significado do nome da banda é mais ou menos “Os Abutres Sem Lei”.

      Ver esses três tocando juntos me emociona. Que venha o novo cd!

  3. Pyro disse:

    muito bom, mas tem outros supergrupos melhores…

    • Marcelo disse:

      Diz aí só um outro supergrupo melhor ?
      Não dar para comparar, esses aí não chegam nem no chulé
      Temple of the Dog
      Chickenfoot
      Backbeat Band
      Audioslave
      Velvet Revolver
      Acho que você é fã do Nove Mil Anjos, banda do Sandy e Júnior, o ex-Charlie Brown Jr. Champignon no baixo; Peu Sousa, ex-Pitty na guitarra ( muito bom, mas tem outros supergrupos melhores…) Só se for…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: