Confirmada turnê que comemora 30 anos do The Wall

The Wall é uma ópera-rock composta por Roger Waters e executada magnificamente pelo Pink Floyd. Há 30 anos o disco era lançado e se tornaria um marco e campeão de tiragem, terceiro lugar em vendas nos Eua. Em comemoração aos 30 anos do álbum, Roger Waters reune a sua banda e sai em turnê pelos EUA e Canadá. Ainda não se sabe se os shows se extenderão por outros países.

O álbum conta faixa-a-faixa a história de Pink, um anti-herói que, repreendido pelo “mundo”, resolve construir em sua volta um muro imaginário, onde fica recluso em suas fantasias. Por fim, Pink mergulha em sua consciência e emerge ao mundo, derrubando o muro que o cercava.

Em 1982, Alan Parker adaptou a obra para os cinemas. Pink é interpretado pelo músico Bob Geodof. O filme é um musical completamente psicodélico, para quem gosta da banda é uma boa pedida.

Waters comentou em entrevista que o álbum será tocado na integra e essa turnê servirá de amparo e conscientização para os paradigmas autais:

“Há 30 anos, quando escrevi The Wall, eu era um jovem amedrontado”, disse o músico à revista Spinner. “Bom, não tão jovem – eu tinha 36 anos. Mas levou muito tempo para eu superar meus medos. De qualquer forma, ao longo dos anos, ocorreu-me que talvez na história do meu medo houvesse uma alegoria de preocupações mais amplas: o nacionalismo, o racismo, o sexismo, a religião, qualquer que seja!” Segundo ele, os shows buscarão representar esses debates. “Esta nova produção de The Wall é uma tentativa de estabelecer algumas comparações, para iluminar a nossa situação atual”.

Ansiosamente aguardamos uma possível, embora remota, vinda dessa turnê ao Brasil.

12 Responses to Confirmada turnê que comemora 30 anos do The Wall

  1. luiz-dohko disse:

    poh,muito maneiro isso seria um verdadeiro espetaculo visual!!!

  2. Carlos Alberto (BETO) disse:

    O melhor albúm da banda…………

  3. Marcelo disse:

    Olá galera, essa postagem do Stone é um presente, já ouvi muito Pink Floyd na minha vida; quando eu tinha 17 anos, presenciei pela TV o The Wall Live in Berlin (1990), que foi super elaborado por Roger Waters, um evento gigantesco, ao vivo; um pouquinho antes da entrada da MTV no Brasil, digamos uns 4 a 5 meses; naquela época a carência era grande, ninguém tinha muito acesso a esse tipo de coisa; aí chegou a MTV, a internet, o Youtube; pronto agora você tem tudo.
    A grande apresentação contou com Cyndi Lauper, cantando Another Brick in The Wall (part 2),Sinead O-Connor – Mother, Bryan Adams – Young Lust,
    Scorpions – In The Flesh, dentre outros.
    Acho que no atual show vai haver convidados ilustres, e que estou disposto a arriscar uns palpites – com bandas:
    Radiohead
    REM
    U2
    Com dinossauros do rock:
    Iggy Pop
    Sir Mick Jagger
    David Bowie
    Cantoras POP:Porque são a bola da vez
    Lady Gaga
    Beyonce
    Cantores: provavelmente cantariam Comfortably Numb
    Eddie Vedder
    Scott Weiland
    (Se não tivessem morridos) Kurt Cobain ou Layne Staley.
    Acho que com a morte do tecladista Richard Wright em 2008, pode ser que uma grande surpresa possa acontecer, uma participação mais que especial do Pink Floyd.
    Bom pessoal isso é só o meu palpite de quem vai ser convidado.
    O lance mais legal pra mim, serão as participações.

  4. Pyro disse:

    Roger Waters é o cara…
    o Pink Floyd sem ele não é nada!

  5. Marcelo disse:

    Pra mim o Roger Waters é um tremendo fuleira, o Pink Floyd está muito bem sem ele; o cara foi tão covarde que queria até levar o nome da banda com ele, mas perdeu na justiça, se achou que poderia seguir carreira solo, puta que pariu ainda bem que não deu certo; com esse show ele vai dar o ar da graça mas é só isso, não passa daí. O cara deu uma de Raimundos, com aquela história do Rodolfo virando evangélico, saindo da banda e usando o nome dos Raimundos nos shows dele; já vi um cartaz anunciando: RODOLFO EX-RAIMUNDO. sem noção Joselito.

    • Pyro disse:

      Quase todas as músicas do Pink Floyd são do Roger Waters umas 99%, sem ele a banda só reproduz o que ele fez, mas criar como ele criava as músicas ninguém dos que estão vivos sabem…

      • Marcelo disse:

        Mas o cara é um merda igual ao Rodolfo dos Raimundos, Genial mas merdinha.

  6. Marcelo disse:

    O Waters queria exercer cada vez mais o controle criativo sobre o grupo, sem deixar os outros criarem alguma coisa dentro do Pink Floyd, essa foi a pricipal causa da briga Waters/Gilmour.
    Pensa bem, tu faz parte de uma banda, e tem um carinha querendo se destacar acima dos demais integrantes, levando todos os crédito. Ninguém aguenta.
    Se ele fosse fera e não tivesse culpa, ele deria conseguido o nome Pink Floyd e os direitos autorais das músicas, mas no tribunal só conseguiu o The Wall. Por isso vai acontecer esse mega show.

  7. Marcelo disse:

    E outra coisa, o grande sucesso do albúm The Wall foi por causa do filme, por que era a única maneira de divulgação, e o Pink Floyd soube aproveitar.

  8. Marcelo disse:

    O grande sucesso do albúm The Wall foi por causa do filme, por que era a única maneira de divulgação, e o Pink Floyd soube aproveitar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: