Trailer de Halo: Reach “Bird of Spartan”. Trailers live action são legais?

Confiram aí o trailer do game Halo: Reach, da Microsoft:

Legal, não? Parece que isso é uma tendência atual, aumentar a imersão no universo de um jogo fazendo esses trailers em live action.

A própria Microsoft já tinha feito isso antes com outro jogo da mesma série, Halo 3: ODST:

Essa linguagem parece que vai se firmar na indústria dos games. Basta olhar o trailer do jogo Ghost Recon: Future Soldier:

Algumas pessoas reclamam que isso tira um pouco do encanto, quando o produto final não é exatamente como os vídeos mostram. “A realidade é em HD”, é como pensam. Mesmo as melhores simulações ainda não conseguem chegar a esse apuro. Ainda. Mas, como George Lucas fez anos atrás com a sua série Star Wars, aumentar o universo de uma plataforma de entretenimento é um projeto que pode ter retorno certo. Além de proporcionar aos amantes de um determinado game a possibilidade de ir muito além de um simples jogo. Fugindo um pouco do mundo dos games e passeando por outras mídias, a série LOST é um exemplo claro – com seus ARGs e mini-videos que colocavam mais mistérios à saga da ilha – que criar um universo expandido, sendo bem feito, jamais deixará de ser interessante.

Além disso, já pensou se a Microsoft deixa de frescura e parte logo para um longa metragem? Quase que o diretor de District 9, Neill Blomkamp, fazia esse projeto…

Sobre Silvio César
Publicitário e estudioso dos rumos da comunicação no mundo.

2 Responses to Trailer de Halo: Reach “Bird of Spartan”. Trailers live action são legais?

  1. Marcelo disse:

    Olá, essa é uma idéia genial, fica cada vez mais realista a situação do entretenimento, já vi até trailer de lançamento de livros, era como fosse um filme do livro, não lembro qual era o livro, mas era de fantasia, como O Senhor dos Anéis.
    Vi também em um graphic novel chamada Earth X, que tem um trailer da revista em quadrinho; acho que a moda já pegou.

  2. Krash disse:

    O “universo expandido” é uma maneira extremamente lucrativa de dar uma “encorpada” nas diversas mídias de entretenimento. E hoje a indústria está cada vez mais atenta a isso.

    Hoje temos prólogos de filmes lançados em quadrinhos, “trailers” de livros como o Marcelo mencionou aí em cima, sites virais que interagem com hq’s e mais um monte de coisa. É muita grana correndo, né não?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: