Cinema: O que vem por aí 09/07


Meus caros amigos leitores do CdC, vamos a mais uma estréia da semana! O que temos nessa semana Stone? Eu lhes respondo, temos mais um pipocão de animação: Shrek Forever em 3D e uma comédia dramática com um toque de ficção científica (Whaat?).

Shrek Para Sempre
Aventura / Comédia / Animação – Livre

Shrek Forever After, 2010, EUA. Direção: Mike Mitchell.
Com (vozes): Mike Myers, Cameron Diaz, Eddie Murphy, Justin Timberlake e  Antônio Bandeiras.

Duração: 90 min.

Tantas aventuras viveu o nosso amigo Ogro. Agora ele é um “homem” de família, e mais, Shrek é estrela, vive curtindo a vida boa com a faília e dando autógrafos. Sua vida muda completamente – quando ele assina um contrato com o falante Rumplestiltskin. Ele passa a viver em mundo que é o oposto do Reino Tão Tão Distante, em que os ogros são caçados. Para desfazer seu erro Shrek fará de tudo para derrubar Rumplestiltskin e salvar seus amigos, sua família e principalmente a sua amada Fiona.

O carro chefe da Dreamworks, franquia Shrek chega ao fim, ao menos até os bolsos dos estúdios da Dreamworks sentir. Shrek ganhou o Oscar de melhor animação em 2001 e rendeu milhões ao estúdio de animação. Na época, inovador pelas tiradas mais adultas, o filme foi uma grande surpresa pelas referências aos clássicos contos de fadas. Não perdeu o ritmo com Shrek 2 e terceiro e agora em sua quarta parte acreditamos que a franquia do Ogro não tenha perdido o encanto e feche esse ciclo com chave de ouro. As distribuidoras se viram num mato sem cachorro, pois Shrek já estreou em solo norte americano desde o dia 21 de maio e o filme já vazou net a dentro e Toy Story 3 domina as poucas salas de exibição 3D de nosso país. Fica a pergunta – você tiraria Toy Story 3 de seu cinema para substituir por Sherk Forever? Eu não.

Almas à Venda
Comédia / Drama / Ficção Científica – 10 Anos

Cold Souls, 2009, EUA. Direção: Sophie Barthes.
Com: Paul Giamatti, Emily Watson, Dina Korzun e David Strathairn.

Duração: 101 min.

Se liga na metalinguagem. O ator Paul Giamatti faz o papel  de si,  um ator com crise criativa e existencial. Surge no seu caminho Dr. Flintstein (David Strathairn) com uma solução complexa: remover e guardar a alma de Giamatti. O Paciente começa o tratamento e este não tem lá grande êxito. Dessa forma, Giamatti pede pra ter sua alma de volta, mas há um pequeno detalhe: Ela foi roubada por traficantes de almas e agora se encontra em algum lugar na Rússia.

Almas à venda promete ser um filme existencialista cheio de dilemas ao estilo Charlie Kaufman, pois parece ter o molde de Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças. O Filme é escrito e dirigido por Sophie Bartes, no qual tem em Cold Souls sua estréia na tela grande com uma positiva aceitação de crítica. Agora aqui para nós, uma boa aceitação da crítica nem sempre é sinônimo de um bom filme, de qualquer forma vale a pena arriscar.

O Cena do Crime não poderá deixar de ver o Ogro verde saltar da da tela.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: