Cinema: O que vem por aí 13/08

Nas estréias desta semana: uma dose quase letal de testosterona, Nicholas Cage atacando de mago e o badmothafocka Samuel L. Jackson em drama sobre maternidade, adoção e conflitos.

Destinos Ligados
Drama – 12 anos

Mother and Child, 2009, EUA. Direção: Rodrigo García.

Com: Samuel L. Jackson, Naomi Watts, Annette Bening.

Duração: 128 min.

Karen, uma garota de 14 anos, tem uma gravidez acidental e dá seu filho para adoção. Quarenta anos depois ela ainda não superou a culpa de sua decisão e tem de enfrentar conflitos com o patrão, o vizinho e o próprio marido, todos envolvidos em um grande círculo amoroso. (Sinopse oficial divulgada pela distribuidora)

Assista ao trailer aqui.

Confesso que estou desacostumado a ver Samuel L. Jackson tão… Inofensivo. Espero que ele solte ao menos um “Goddamn Motherfucker!” antes do final. Hum… Mas acho que não rola.

Aprendiz de Feiticeiro
Aventura – 10 anos

The Sorcerer’s Apprentice, 2010, EUA. Direção: Jon Turteltaub.

Com: Nicolas Cage, Monica Bellucci, Jay Baruchel, Alfred Molina.

Duração: 110 min.

Dave (Jay Baruchel) é apenas um estudante comum, ou assim parece, até que Balthazar Blake (Nicolas Cage), um feiticeiro experiente, o recruta como seu relutante protegido e dá a ele um curso rápido nas artes e na ciência da magia. Enquanto Blake se prepara para a batalha contra as forças ocultas em Manhattan dos dias de hoje, Dave logo entende que terá que reunir toda a sua coragem para sobreviver ao treinamento, salvar a cidade e ficar com a garota. (Sinopse oficial divulgada pela distribuidora)

Assista ao trailer aqui.

Filmão pipoca daqueles feitos pro público infanto-juvenil, mas que acaba agradando a algumas pessoas não tão novas. Tem Nicholas Cage pagando de mago misterioso, sujo e descolado, tem Jay Baruchel como o aprendiz desajeitado que se recusa a acreditar nas coisas que presencia, e tem a velha história do bem contra o mal. Ah! É da Disney, e quem produz é Jerry Bruckheimer, caso isso diga algo a você.

Os Mercenários
Ação – 14 anos

The Expendables, 2010, EUA. Direção: Sylvester Stallone.

Com: Sylvester Stallone, Jason Statham, Jet Li, Dolph Lundgren, Eric Roberts, Randy Couture, Steve Austin, Mickey Rourke, Arnold Schwarzenegger, Bruce Willis, Brittany Murphy, Giselle Itié.

Duração: 104 min.

Um grupo de mercenários – composto por Barney Ross (Sylvester Stallone), Lee Christmas (Jason Statham), Yin Yang (Jet Li), Hale Caesar (Terry Crews), Toll Road (Randy Couture) e Gunnar Jensen (Dolph Lundgren) – é enviado para um país da América do Sul para derrubar um ditador. Logo após o começo da missão, o grupo descobre que a missão não é tão simples quanto parecia e, de repente, está no meio de uma perigosa conexão.

Assista ao trailer aqui.

Sylvester Stallone está aí, tentando. Tentando o quê? Manter-se em pé, não perder a essência de herói de ação dos anos 80, e, principalmente, não cair no esquecimento.

O Cara já foi muito talentoso, vamos admitir. Não subestime o brucutu musculoso com faixa vermelha na cabeça e bazuca nos ombros. Stallone concebeu e roteirizou um de seus maiores sucessos: Rocky – Um Lutador, e homenageou o próprio personagem com competência no último episódio, Rocky Balboa (2006).

E esse Mercenários é isso. Uma homenagem a todo aquele estilo consagrado nos anos 80 e início dos 90. O herói americano que come o pão que o diabo amassou, mas consegue derrotar o vilão no fim – de preferência jogando-o de um edifício ou explondindo o pobre coitado.

E você gostava, admita. Rambo, John McLane, Coronel James Braddock, Schwarzenegger (em quase todos os seus filmes genéricos), e vários outros eram os heróis que faziam o que tinha que ser feito para salvar a pátria. E o mundo. E pessoas indefesas como você.

Esses filmes ruins, com roteiro fraco e violência gratuita que adoramos criticar, são feitos para serem assistidos com o cérebro desligado.  Nada mais que isso. É aquele tipo de material que mexe mais com nossa adrenalina e apelo visual. Resta saber se Os Mercenários cumpre bem esse papel e sustenta a ação e aventura que promete.

Mas que cartaz escroto, putz!

Tenham um bom divertimento!

2 Responses to Cinema: O que vem por aí 13/08

  1. Carol disse:

    Eita, que esse fim-de-semana só tem estréia diferente!!!
    Tô achando que o Krash entra numa sala e eu na outra… hauhauhau

  2. Juliana Braga disse:

    Jerry Bruckheimer! é…o cara tem uma filmografiazinha…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: