Não estamos mais no Kansas.

Então!

Pra quem acompanhava o CdC – alguém aí? – e ficou me perguntando se tinha parado, que fim tinha levado… Bem, xeu dizer.

O CdC foi uma parada que eu idealizei com o Stone Age, que sempre gostou dos mesmos assuntos que eu. Daí pra convidar o Sílvio, que é também respira cultura pop, foi um pulo.

O lance é que ficou bastante difícil levar o projeto adiante do jeito que estava. Encontramos alguns contratempos por conta da rotina e dos afazeres de cada um. Aí o Stone pediu pra sair – Eu desisto, meu capitão! – e o Sílvio e eu fomos postando cada vez menos. Como eu vi que não tava dando pra manter a qualidade e a frequência das postagens, inclusive por que o fluxo de informação sobre entretenimento é gigante, eu resolvi dar uma parada.

Maaas como eu não consigo passar muito tempo sem mexer com esse tipo de coisa, resolvi continuar. Bom, pelo menos na medida do possível. O resultado é uma mudança de estilo, com menos ênfase nas notícias e mais nas opiniões pessoais e sugestões. E mesmo por que hoje ninguém tem mais paciência pra ler textos e críticas gigantes, talvez eu invista em algumas mídias alternativas. Ou seja: continua, mas um pouquinho diferente.

Agradeço aos caras que ajudaram a levar o projeto CdC pra frente – Stone Age e Silvio -, e principalmente, a todo mundo que colaborou, deu sugestão, comentou e nos acompanhou durantes esses meses. Obrigado mesmo.

Continuem ligados na cena!